segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Candidato tem carro atingido por tiros ao voltar de reunião política em MS



Vítima contou que voltava da reunião política quando foi surpreendido por um veículo branco. Ocupante teria dito 'cala a boca, você desiste' e então efetuou vários disparos de arma de fogo em direção a ele.



Candidato a vereador foi atacado quando saia de reunião - Foto: Itaporã MS
Jaci Francisco dos Santos, o Nego Jaci, candidato a vereador em Itaporã, foi vítima de atentado no final de semana e teve o carro atingido por tiros momentos depois de participar de reunião política no distrito de Montese, em estrada vicinal que liga o local à MS-157.

Ele estava acompanhado de um amigo e, na ocasião, seguia para uma fazenda onde trabalharia no domingo (18).

De acordo com as informações do site Itaporã MS, Jaci contou que voltava da reunião política quando foi surpreendido por um veículo branco. Ocupante teria dito "cala a boca, você desiste" e então efetuou vários disparos de arma de fogo em direção a Nego Jaci.

Ele relatou que percebeu que era perseguido e deu oportunidade para o carro branco ultrapassar, mas condutor não realizou a manobra.

Ainda conforme o site, Nego Jaci disse que seis tiros foram disparados contra seu veículo. No interior do automóvel foram encontrados dois projéteis, aparentemente de calibre .38. Vítima garantiu que desconhece o motivo do atentado. Ninguém se feriu.

Postado por Carlos PAIM

sexta-feira, 13 de maio de 2016

BOM DIA MS

http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/videos/

Postado por: Ygor I. Mendes

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Grávidas devem evitar Rio de Janeiro, diz OMS


A Organização Mundial de Saúde (OMS) advertiu, em um comunicado sobre o vírus Zika, sobre os riscos para mulheres grávidas no Rio de Janeiro, palco da Olimpíada: "Mulheres grávidas continuam a ser aconselhadas a não viajar a áreas de contínua transmissão de zika. E isso inclui o Rio de Janeiro", afirmou a organização em um comunicado nesta quinta-feira.

É a primeira vez que a organização faz recomendação específica para a cidade, a menos de dois meses dos Jogos Olímpicos


É a primeira vez que a organização faz recomendação específica para a cidade, a menos de dois meses dos Jogos Olímpicos

À BBC Brasil, o porta-voz da OMS, Christian Lindmeier, explicou que é a primeira vez que um alerta a respeito da zika é direcionado à cidade-sede dos Jogos, mas enfatizou que as recomendações são as mesmas feitas para todas as regiões onde casos da doença foram observados e, portanto, não se trataria de uma discriminação.
"Esse é o primeiro comunicado específico a respeito da zika e dos Jogos Olímpicos. Anteriormente não havíamos abordado nenhuma cidade diretamente, mas isso é um esclarecimento dentro do contexto das recomendações que já vinham sendo feitas a viajantes", disse Lindmeier.
O informe diz ainda que parceiros sexuais de mulheres grávidas que retornem do Rio só devem ter relações sexuais com camisinha, ou se abster, durante todo o período da gestação.
Recomendações
De maneira geral, a OMS aconselha aos viajantes que consultem um médico antes de ir aos Jogos.
"Evite visitar áreas empobrecidas e superpopulosas em cidades e vilarejos sem água encanada e com saneamento precário (criadouros ideais de mosquitos), onde o risco de ser picado é maior."
A organização recomendou também que os turistas procurem acomodação com ar-condicionado, para evitar que mosquitos entrem pelas janelas, e ressaltou que é preciso praticar sexo seguro.
"Use preservativos correta e consistentemente, ou abstenha-se do sexo durante sua estadia e pelo menos quatro semanas após seu retorno, particularmente se teve ou experimentou sintomas do vírus Zika."
O aviso sugere o uso de repelentes e de roupas claras com mangas longas, para reduzir o risco de ser picado.
A organização recomendou também que os turistas procurem acomodação com ar-condicionado, para evitar que mosquitos entrem pelas janelas, e ressaltou que é preciso praticar sexo seguro
A organização recomendou também que os turistas procurem acomodação com ar-condicionado, para evitar que mosquitos entrem pelas janelas, e ressaltou que é preciso praticar sexo seguro
Inverno
Feitas as recomendações, a OMS faz a ressalva de que os Jogos Olímpicos ocorrerão durante o inverno e nessa época "há menos mosquitos ativos" e "o risco de ser picado é menor".
A OMS e a Organização Pan-Americana de Saúde aconselham o Brasil em questões de políticas de saúde pública. A organização também tem um memorando de entendimento com o Comitê Organizador dos Jogos para ajudar a mitigar os riscos de atletas e visitantes contraírem zika.
De acordo com o último boletim epidemiológico, também publicado nesta quinta, 58 países e territórios já registram a presença da doença, sendo que 45 experimentam pela primeira vez um surto de zika em 2015.
No Brasil, o primeiro caso de zika foi confirmado em 7 de maio de 2015, dando início a uma epidemia associada à má-formação de bebês, com casos de microcefalia, e à ocorrência da síndrome neurológica de Guillain-Barré.
As anormalidades levaram a OMS a decretar emergência de saúde pública mundial, para melhor acompanhar a epidemia.
NotíciasTerra
Postado por: Ygor I. Mendes

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Bonito é destaque em portal de notícias chileno

Região Centro-Oeste é recomendada para turistas durante as Olimpíadas.

Aquário Natural de Bonito
Aquário Natural de Bonito

 O Tour da Tocha pelo Brasil começou na última terça-feira (3) e a chegada do símbolo das Olimpíadas ao Brasil já rendeu manchete no exterior. 

O portal de notícias Global News, do Chile, publicou uma matéria sobre as regiões em que a tocha passará, suas peculiaridades e turismo local. Um dos destinos mencionados na reportagem foi Bonito, paraíso do ecoturismo de Mato Grosso do Sul. 

“Mergulho, rapel, cavalgadas, passeios, belas cachoeiras e cozinha regional são pontos altos de uma vista pelo Mato Grosso do Sul. Cavalgar pelas planícies verdejantes, ver o pôr-do-sol enquanto se pratica canoagem e caminhar pela selva são algumas das vantagens deste destino”, traz a reportagem. 

As Olimpíadas são uma oportunidade para a promoção de diversos destinos turísticos brasileiros, além do Rio de Janeiro. Para o presidente da Embratur, Marcos Salles, “o Tour é uma oportunidade de internacionalizar os ganhos da Olimpíada e Paralimpíada, mobilizar o País em torno desse megaevento, amplificar os ganhos de imagem e promover todas as regiões brasileiras em uma grande celebração turística”.

As Olimpíadas começam no dia 5 de agosto e se estendem até o dia 21. Já as Paraolimpíadas acontecem de 7 a 18 de setembro. 

PortalBonito

Postado por: Ygor I.Mendes

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Estrutura para a 11ª Festa da Farinha começa a ser montada em Anastácio





Neste final de semana, sexta (06) e sábado (07) acontece a maior festa da agricultura familiar de Mato Grosso do Sul, é a 11ª edição da Festa da Farinha de Anastácio, evento que consolidou-se e já faz parte do calendário oficial de eventos culturais de MS.

Dentre as atrações da festa, ganha destaque principal a praça de alimentação que reúne famílias de pequenos produtores rurais de Anastácio que fabricam além da farinha de mandioca, várias iguarias da gastronomia nordestina, de quitutes doces à salgados, que agradam o paladar do público exigente que frequenta a festa.

Pois é justamente pela praça de alimentação que o circuito da festa começa a ser montado na Praça Arandu entre as Ruas João Leite Ribeiro e Avenida Manuel Murtinho. 

No fim da manhã de hoje, o prefeito de Anastácio, Douglas Figueiredo esteve juntamente com secretários municipais vistoriando a montagem da estrutura da festa e contou que "esse ano a comissão organizadora da festa tem a missão de estruturar o evento para que o público tenha comodidade com mesas e cadeiras suficientes na praça de alimentação".

Croqui da festaCroqui da festa"No ano passado, ouvi várias pessoas parabenizando a festa, porém diziam que a praça de alimentação estava difícil de comportar todos que queriam sentar-se para comer. Esse ano, mais de 500 jogos de mesas e cadeiras serão disponibilizados na rua de acesso à Ponte Velha, onde desde a rotatória serão concentradas as tendas da praça de alimentação", revelou o prefeito.

Além de ampliar o espaço para as mesas e cadeiras da praça de alimentação, a mudança de local da Festa da Farinha [que era na Rua Porto Geral] para a Praça Arandú, vai proporcionar maior comodidade para quem estiver assistindo aos shows, pois a praça é mais ampla e dá condições de ser instalado um palco maior, com isso, mais pessoas estarão mais perto dos artistas tão esperados: Matheus & Kauan, Caju & Castanha e Guilherme & Santiago.

Há quem passe e pare imaginando a grandiosidade da festa que se aproxima: “Eu acredito que aqui será bem melhor, vai ser mais aconchegante para gente, até porque a festa é um ambiente familiar e às vezes a gente na praça de alimentação nem encontrava lugar para sentar com a família para comer. Não vejo a hora de vir com minha família", disse a senhora Aparecida Leite, que estava no Shopping Arandú observando a montagem da estrutura.

“Aqui é meu caminho para o serviço todos os dias, fico imaginando como será a festa com tudo isso que está sendo montado. A gente fica numa curiosidade e numa expectativa. Eu gosto da Festa da Farinha e aqui nessa praça acredito que vai dar certo”, frisou Henrique Anjos.

PROGRAMAÇÃO

A entrada na festa é gratuita nas duas noites, incluindo, os shows. A Praça de Alimentação começa a funcionar a partir das 19 horas. O aroma e o sabor da culinária nordestina comandam o cardápio da festa.
A programação musical começa a partir das 20 horas com artistas locais. No dia 06 de maio, sexta-feira, o público poderá cantar e dançar ao som da dupla que é sucesso no Brasil todo, revelação do sertanejo universitário, Matheus & Kauan.

No dia 07 de maio, sábado, Caju & Castanha farão um show de embolada nordestina com muita rima e humor para arrancar gargalhadas do público.

Na sequencia, no sábado, a dupla Guilherme & Santiago comandarão a festa, tocando e cantando grandes sucessos que marcam gerações e fazem o povo dançar. Nas duas noites, forró e sertanejo irão colocar o público para dançar e cantar no palco principal.

AquidauanaNews

Postado por: Ygor I. Mendes

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Itaporã obteve a maior produtividade de soja do ciclo, com 3.235 quilos por hectare, ou 53 sacas por hectare. 

Depois, com 52 sacas por hectare aparecem Chapadão do Sul e Sonora, e com 51 outros cinco municípios: Alcinópolis, Costa Rica, Maracaju, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia. Já a menor rentabilidade das lavouras foi registrada em Dourados, Fátima do Sul, Itaquiraí e Nova Alvorada do Sul, com média de 46 sacas por hectare.

MS registra a maior safra de soja de sua história, 6,890 mi de toneladas

Produção cresceu em razão do aumento da área e da produtividade.
Maracaju se manteve como o principal produtor de soja do estado.

Anderson Viegas Do Agrodebate
Soja armazena em silos em Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução/TV Morena) 
MS registrou a maior safra de soja de sua história no ciclo 2014/2015 (Foto: Reprodução/TV Morena)

Mato Grosso do Sul encerrou nesta semana a colheita da safra de soja e registrou no ciclo 2014/2015 a maior produção de soja de sua história, com 6,890 milhões de toneladas. O número foi divulgado pelo Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga), da Associação dos Produtores da Oleaginosa (Aprosoja/MS), nesta quarta-feira (8).
Em relação as 6,148 milhões de toneladas colhidas na temporada passada, o incremento neste ciclo foi 12%. Esse aumento de produção se deve ao crescimento de 8,4% na área cultivada com a oleaginosa na comparação das duas safras (2013/2014 e 2014/2015), que passou de 2,120 milhões de hectares para 2,300 milhões de hectares e também a ampliação de 3,3% na produtividade, que subiu de 48,3 sacas por hectare (2.900 quilos por hectare) para 49,9 sacas por hectare (2.995 quilos por hectare).

Conforme o Siga, o município de Maracaju, a 157 quilômetros de Campo Grande se manteve nesta temporada como o principal produtor de soja do estado. Os produtores da cidade cultivaram 249,960 mil hectares com a oleaginosa, o que representou 13,56% de toda a área semeada com o grão em Mato Grosso do Sul e colheram 778,405 mil toneladas, o equivalente a 11,29% da produção sul-mato-grossense.
Depois de Maracaju, aparecem na relação dos principais produtores de soja de Mato Grosso do Sul nesta safra as cidades de: Ponta Porã, com 504,252 mil toneladas; Sidrolândia, com 481,218 mil toneladas, Dourados, com 457,222 mil toneladas  e São Gabriel do Oeste, com 343,099 mil toneladas.
Em contrapartida, a maior produtividade do ciclo foi obtida em Itaporã, com 3.235 quilos por hectare, ou 53 sacas por hectare. Depois, com 52 sacas por hectare aparecem Chapadão do Sul e Sonora, e com 51 outros cinco municípios: Alcinópolis, Costa Rica, Maracaju, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia. Já a menor rentabilidade das lavouras foi registrada em Dourados, Fátima do Sul, Itaquiraí e Nova Alvorada do Sul, com média de 46 sacas por hectare.


veja também


domingo, 5 de julho de 2015

SÃO JOSÉ É O PADROEIRO DE ITAPORÃ

CLIQUE E SAIBA MAIS SOBRE:

São José

  Saiba quais são os padroeiros dos demais Municípios de Mato Grosso do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Relação dos padroeiros do estado1 e dos municípios2 de Mato Grosso do Sul.

Local Padroeiro
Água Clara Sagrado Coração de Jesus
Alcinópolis Nossa Senhora Aparecida
Amambai Nossa Senhora Auxiliadora
Anastácio Nossa Senhora de Lourdes
Anaurilândia São João Batista
Angélica São Pedro Apóstolo
Antônio João Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Aparecida do Taboado Santo Antônio
Aquidauana Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Aral Moreira Nossa Senhora Aparecida
Bandeirantes Nossa Senhora Aparecida
Bataguassu São João Batista
Batayporã Santo Antônio
Bela Vista Santo Afonso
Bodoquena Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Bonito São Pedro
Brasilândia Bom Pastor
Caarapó Bom Jesus
Camapuã São João Batista
Campo Grande Santo Antônio de Pádua
Caracol Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Cassilândia São José
Chapadão do Sul São Pedro Apóstolo
Corguinho São Judas Tadeu
Coronel Sapucaia Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Corumbá Nossa Senhora da Candelária
Costa Rica Santo Antônio
Coxim São José
Deodápolis Nossa Senhora Aparecida
Dois Irmãos do Buriti Nossa Senhora do Rosário
Douradina Nossa Senhora Aparecida
Dourados Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Eldorado Nossa Senhora Aparecida
Fátima do Sul Nossa Senhora de Fátima
Figueirão Nossa Senhora da Abadia
Glória de Dourados Nossa Senhora da Glória
Guia Lopes da Laguna Nossa Senhora da Guia
Iguatemi Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Inocência Bom Jesus da Lapa
Itaporã São José
Itaquiraí Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Ivinhema São Paulo Apóstolo
Japorã Nossa Senhora Aparecida
Jaraguari Santa Rita de Cássia
Jardim Santo Antônio
Jateí São Pedro
Juti Santa Luzia
Ladário Nossa Senhora dos Remédios
Laguna Carapã Cristo rei
Maracaju Nossa Senhora Aparecida
Mato Grosso do Sul Nossa Senhora da Abadia (todo o território estadual)
Miranda Nossa Senhora do Carmo
Mundo Novo Nossa Senhora das Graças
Naviraí Nossa Senhora de Fátima
Nioaque Santa Rita de Cássia
Nova Alvorada do Sul São Cristóvão
Nova Andradina Imaculado Coração de Maria
Novo Horizonte do Sul Nossa Senhora Aparecida
Paraíso das Águas
Paranaíba Santa Ana
Paranhos São João Batista
Pedro Gomes São Sebastião
Ponta Porã São José
Porto Murtinho Sagrado Coração de Jesus
Ribas do Rio Pardo Nossa Senhora da Conceição
Rio Brilhante Divino Espírito Santo
Rio Negro Nossa Senhora de Fátima
Rio Verde de Mato Grosso Nossa Senhora Auxiliadora
Rochedo São Sebastião
Santa Rita do Pardo Santa Rita de Cássia
São Gabriel do Oeste São Gabriel Arcanjo
Selvíria São João
Sete Quedas Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Sidrolândia Nossa Senhora da Abadia
Sonora Nossa Senhora Aparecida
Tacuru São Sebastião
Taquarussu Nossa Senhora Aparecida
Terenos Santo Antônio de Pádua
Três Lagoas Santo Antônio de Pádua
Vicentina Santa Terezinha